Resumo do Livro – A Escrava Isaura

Desde 1875 quando o livro foi lançado por Bernardo Guimarães ele já teve grande sucesso e influência devido a sua temática abolicionista. “A Escrava Isaura” fez muito sucesso principalmente entre as mulheres devido às virtudes da heroína, Isaura. Abaixo você verá o resumo dessa clássica obra da literatura brasileira.

O Enredo de “A Escrava Isaura”

Isaura era uma escrava em uma fazenda em Campos do Goytacazes no Rio de Janeiro. No entanto ela não era uma escrava comum. Para começar ela não era negra, mas sim da cor do marfim.


Além disso, Isaura possuía uma beleza que seduzia naturalmente os homens, sem contar o seu nível cultural acima da média: falava italiano e francês e sabia tocar piano.

Isaura apesar de ser uma escrava era tratada como se fosse da família. A matriarca prometeu que quando ela falecesse Isaura seria libertada, pois a escrava servia de companhia para ela.

No entanto quando isso aconteceu, ela continuou sem sua liberdade. Depois que o Comendador se aposentou quem assumiu o controle da fazenda foi seu filho Leôncio.

Leôncio: O Vilão

Ele enquanto jovem gastava o dinheiro do pai e quando se tornou adulto acabou virando um homem sem caráter e cruel. Leôncio voltou a fazenda casado com Malvina, mas isso não o impediu de sentir um amor doentio por Isaura.

Por isso ele se negava a libertar a escrava. Ela resistia a todas as tentativas de Leôncio e por essa razão acabou passando a ser mal tratada. Isaura acreditava que só deveria se entregar para um homem se ela o amasse de verdade.

Malvina acabou percebendo essa paixão que Leôncio nutria por Isaura. Ela exigiu que Leôncio libertasse a escrava. Como isso não aconteceu ela acabou voltando para a casa de seus pais.

Sem sua mulher por perto Leôncio começou a ser cada vez mais ousado e sem escrúpulos com Isaura. Mesmo quando o pai da escrava apareceu com a quantia necessária para libertá-la, Leôncio negou-se a fazer isso alegando um suposto luto pela morte do seu pai.

Resumo do Livro A Escrava IsauraA Fuga

Essa situação obrigou Isaura e seu pai a fugirem da fazenda. Eles optaram em ir para o nordeste do Brasil e se instalaram em Recife. Lá, para não serem descobertos tiveram que trocar seus nomes.

Isaura passou a usar o nome de Elvira enquanto seu pai que se chamava Miguel passou a ser conhecido como Anselmo.

Foi em Recife que Isaura conseguiu ter a sensação de descobrir o que é um amor de verdade. Ela conheceu Álvaro que era um homem rico e que se sentiu completamente apaixonado por ela. Inicialmente Álvaro não sabia que ela era uma escrava fugitiva.

Tudo estava dando certo até que durante um baile Isaura é descoberta. Apesar de surpreso com a situação, Álvaro continua ao lado de sua amada mesmo sabendo do escândalo que era na época um homem rico estar com uma escrava.

No entanto isso não impediu o sofrimento de Isaura, pois Leôncio acabou levando ela de volta para sua fazenda.

O Desfecho

Só que Álvaro não desistiu de Isaura e acabou descobrindo que Leôncio estava endividado. Por ter muito dinheiro, Álvaro não pensou duas vezes e comprou todos os bens de Leôncio. Incluindo suas fazendas e suas escravas.

E assim pode finalmente ficar ao lado do seu amor.

Perdendo todo o seu dinheiro e ainda o seu amor Leôncio acaba se suicidando e a história termina com um desfecho que pode se dizer feliz.

Pois apesar de todo sofrimento, Isaura, terminou com um amor de verdade. Enquanto o homem que a fez sofre teve um fim melancólico.

Onde comprar?

Você já leu “A Escrava Isaura”? O que achou da história?


O que você acha do livro "A Escrava Isaura"?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Deixe um comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.