Resumo do livro – A Moreninha

Podemos definir esse livro como uma bela história de amor, mas também podemos chamá-lo de uma crítica social aos costumes tradicionais das altas sociedades no início do século XIX

Fique tranquilo que esse livro não é daqueles com linguagem rebuscada ou complexa. Sua leitura é fácil e atemporal. Quer saber do que se trata a história de “A Moreninha”? Então fique ligado neste artigo.


O Enredo de “A Moreninha”

“A Moreninha” é narrado em terceira pessoa com um narrador onisciente. Augusto é o personagem central da história.

Ele e seus amigos, Leopoldo e Fabrício, são convidados para passar o fim de semana um uma ilha na casa da avó de Felipe.

Augusto e Felipe fizeram uma aposta. Se Augusto não se apaixonasse durante o feriado Felipe teria que escrever um romance, mas caso contrário seria Augusto que teria que escrever o romance.

Na ilha havia várias mulheres entre elas D. Ana que era anfitriã e D. Carolina, irmã de Felipe.

Augusto e era um rapaz muito disputado pelas mulheres e era o típico cafajeste a princípio. Durante um jantar Felipe revelou essa característica para as pessoas e isso o fez ser rejeitados por todas as moças do local, com exceção de uma: D. Carolina.

A Paixão de Infância

A verdade é que todo esse comportamento de Augusto tinha uma origem que era desconhecida por muitos e que ele resolveu contar para D. Ana. Ele sofreu muitas desilusões amorosas e uma foi bem marcante.

Durante a infância em uma viagem a praia com sua família ele acabou conhecendo uma menina por quem se apaixonou.

Eles ajudaram um homem moribundo e em retribuição ele deu um botão de esmeralda embrulhado numa fita branca para Augusto e para a menina misteriosa ele camafeu embrulhado numa fita verde.

Essa era a única informação que ele tinha dessa menina, pois nunca mais tinha visto ela e nem sabia o seu nome. Mas ele sabia que havia prometido amar eternamente essa menina.

Resumo do Livro A MoreninhaA Descoberta

Após o final do feriado, os amigos voltam para a cidade, mas Augusto percebe que está sentia falta de D. Carolina. Ele então resolve retornar a ilha para encontrá-la novamente, mas seu pai acreditando que isso atrapalharia seus estudos na faculdade de medicina, o proíbe.

Depois de ficarem separados por um tempo eles acabam voltando a se ver e Augusto se declara para Carolina.

Mas ela o surpreende com sua resposta e diz que ele estaria quebrando uma promessa que havia feito há muitos para uma pequena garota. Então ela mostra o camafeu que recebeu daquele homem.

Carolina é a menina misteriosa de Augusto. Depois do mistério desfeito, Augusto completamente apaixonado é obrigado a cumprir a aposta que fez com Felipe e por isso escreve: “A Moreninha”.

Joaquim Manuel de Macedo

“A Moreninha” é sem dúvidas um dos maiores clássicos da nossa literatura. Ele é típico romance em que a idealização do amor puro.

A obra foi escrita por Joaquim Manuel de Macedo que era um médico que nunca chegou a exercer a profissão devido às suas aptidões para escrita.

Ele foi um dos escritores mais cultuados de sua época e soube representar como ninguém a classe média carioca do século XIX.

“A Moreninha” foi o seu primeiro romance e foi quem deu a ele fortuna e reconhecimento.

O romance foi lançado em 1844 e é tido como o primeiro texto do gênero no país. Para muitos o autor alcançou o sucesso por abusar do sentimentalismo em suas obras.

Onde comprar?

Você já leu “A Moreninha”? O que achou da história? Responda nos comentários a sua opinião sobre essa importante obra da literatura brasileira.

O que você acha do livro "A Moreninha"?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Deixe um comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.