Resumo do Livro – O Alienista

Uma das obras que inaugura a fase realista do Machado de Assis. Para alguns “O Alienista” é considerado um conto enquanto para outros ele é uma novela.  Alienista pode se dizer que é aquele que cuidas dos alienados que antigamente significava malucos.

O Médico na Pequena Cidade

Simão Bacamarte é um médico conceituado que estudou na Europa durante muitos anos.  Após finalizar seus estudos ele resolve voltar para sua cidade natal.  Localizada no Rio de Janeiro a pequena Itaguari se tornaria palco de grandes aventuras.


O Dr. Bacamarte ao chega à cidade apresenta a ideia da criação de um sanatório para os políticos locais. Um projeto ousado, pois ele queria inaugurar no Brasil um sanatório revolucionário no tratamento da loucura.

Obviamente ninguém nunca tinha nem ouvido falar nesse tipo de coisa, mas todo o estudo e conhecimento do médico e cientista não permitia questionamento por parte de ninguém na cidade.

Essa é sem dúvidas uma crítica que Machado de Assis fez. Na época existia quase que uma devoção à ciência como se ela tivesse poderes ilimitados. Claro que a ciência foi e é muito importante, mas por muito tempo ela foi usada como justificativa para tudo e era isso que Machado Assis buscava criticar.

Simão acreditava que ele iria, não somente,  entender as causas da loucura como iria criar a cura e um remédio universal para tratar as pessoas malucas.

A Casa Verde

O local que ele criou foi chamado de Casa Verde e tinha como objetivo principal tratar dos loucos da cidade.  No início foram internados aqueles que realmente apresentavam sinais de loucura evidente e isso deixou boa parte da população bastante eufórica.

O problema que Simão foi tão afundo em suas pesquisas e teorias que começou internar quase que todo mundo dentro da cidade. Ele diagnosticava quase todo mundo como louco.

E isso, é claro, deixou os moradores da cidade incomodados.

Por exemplo, ele internou um rapaz que havia recebido uma enorme herança, mas que perdeu tudo que tinha ao fazer empréstimos.

Ele também internou sua esposa D. Evarista porque ela não sabia que vestido usar para uma festa.  A essas alturas metade da população da cidade já estava internada na Casa Verde.

Resumo do Livro o alienista

A Revolta da População

Liderados pelo Porfírio, que é o barbeiro da cidade, as pessoas se revoltam contra o autoritarismo do médico e seus métodos questionáveis.

Como resultado da revolta a câmara de vereadores é destituída e o barbeiro assume o comando da cidade.

Contrariando o que se esperava dele, Porfírio não encerra a Casa Verde. Ele acaba fazendo um acordo com o médico e o sanatório é mantido.

Mudanças na Teoria

Depois de colocar mais de 75% da população dentro da Casa Verde Simão resolveu mudar suas teorias e posturas com relação à loucura das pessoas.

Ao invés de levar os loucos para a Casa Verde ele passa a levar somente aqueles que possuem sanidade mental dentro do sanatório, pois esses eram a verdadeira minoria e por consequência os verdadeiros “loucos”.

Por isso ele resolve liberar todos os internados e iniciar uma nova fase na Casa Verde. No entanto as pessoas eram consideradas curadas quando apresentavam algum sintoma de loucura.

No final das contas Dr. Bacamarte chega à conclusão que ele é o único que não apresenta nenhum desvio de caráter em sua personalidade e por isso resolve se internar sozinho no sanatório para o resto da sua vida.

Obra Atemporal

Machado de Assis consegue tratar de temas que ainda hoje são atuais. Por exemplo, no momento em que a câmara de vereadores de Itaguari resolve votar uma lei que não permitiria que vereadores pudessem ser colocados na Casa Verde.

Onde comprar?

Você já leu “O Alienista”? Diga o que achou da obra nos comentários.

O que você acha do livro "O Alienista"?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Deixe um comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.