Resumo do Livro – O Mulato

Essa é a obra que inaugurou o gênero naturalismo no Brasil. Escrita por Aloísio de Azevedo, ela retrata uma parte muito cruel da sociedade brasileira e do Maranhão em meados dos anos 1800.

O livro gerou muita polêmica tanto que é o autor foi “obrigado” a se mudar para o Rio de Janeiro devidos às represálias que sofreu em São Luiz.


“Satanás da Cidade” foi o apelido que Aloísio de Azevedo ganhou de seus conterrâneos.

A obra traz uma temática bastante crítica  sobre discriminação racial e também mostra um lado da igreja que não era comum ser mostrado, pois um dos vilões da obra é um padre.

Quer saber o que rolou nessa obra que gerou tanta polêmica? Então leia o texto abaixo.

O Enredo de “O Mulato”

José Pedro dono de uma fazenda se apaixonou por uma de suas escravas e teve um filho com ela que se chama Raimundo.

José Pedro era casado com Quitéria que ao perceber a atenção que ele dava a escrava e ao seu filho, resolveu afoiçar a negra, ou seja, mandou queimar os órgãos genitais dela.

Com medo de que algo acontecesse com seu filho, José Pedro o levou para a casa de seu irmão, Manuel Pescada. Na volta ele acaba encontrando sua esposa na cama com o Padre Diogo.

Então ele resolveu assassinar sua esposa. Padre Diogo e José Pedro fizeram um acordo para não contar para ninguém que havia acontecido naquela noite.

Depois do ocorrido, José Pedro acabou adoecendo e foi morar na casa do seu irmão. Quando ele foi voltar para sua fazenda acabou sendo morto por Padre Diogo em uma emboscada.

Manuel Pescada cumpriu o que prometeu a José Pedro e mandou seu filho Raimundo estudar na Europa. Em Portugal  ele se formou em direito apesar de já ter sofrido muitos preconceitos raciais.

Resumo do Livro - O MulatoO Retorno de Raimundo

Depois de finalizar seus estudos, Raimundo volta para o Brasil e depois de um tempo no Rio de Janeiro resolve voltar para a casa do tio para fazer alguns negócios, mas também para descobrir suas origens.

Lá ele acaba se apaixonando por sua prima Ana Rosa. Seu amor é correspondido por ela.  

Apesar do amor que eles sentiam o casal não conseguia ficar junto por uma série de fatores. O pai de Ana Rosa, Manuel Pescada, gostaria que ela se casasse com um caixeiro da loja e por isso negava todas as vezes que Raimundo pediu a mão dela.

Além disso, a avó da moça era uma pessoa racista e por isso não queria ver sua neta com Raimundo. Para completar os obstáculos havia o Padre Diogo que agora era chamado de Cônego Diogo e era o conselheiro da família. Por razões óbvias, ele não queria ver Raimundo perto de Ana Rosa.

Raimundo volta à fazenda que era de seu pai e descobre que é filho de uma escrava com um português. .Nesse momento ele passa a entender porque sempre teve negado o seus pedidos de casamento com Ana Rosa. Era devido a sua cor.

A Tentativa de Fuga

O amor que existia entre Raimundo e Ana Rosa permanecia vivo e eles se comunicavam por cartas. Certa vez eles decidiram que iriam fugir para conseguirem ficar juntos.  

Só que o caixeiro Dias, pretendente de Ana Rosa e o Padre Diogo estavam interceptando as cartas entre os dois.

Para evitar que os dois fugissem eles resolvem matar Raimundo. Depois de alguns anos, Ana Rosa e o Caixeiro Dias acabam se casando.

O final da obra é triste e melancólico, pois Raimundo teve o mesmo destino de seu pai e o amor verdadeiro que ele e Ana Rosa sentiam um pelo outro não foi o forte o bastante para superar as atrocidades feitas pelos vilões da trama.

Onde comprar?

O que você acha do livro "O Mulato"?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Deixe um comentário!